Dieta da proteína funciona?

29 maio

A dieta da proteína consiste no consumo de proteínas magras. Os principais alimentos do cardápio devem ser aves, peixes, ovos e derivados do leite com baixo teor de gordura. Também é indicado o consumo diário de porções de frutas, legumes e verduras.

As proteínas devem ser consumidas principalmente no café da manhã, pois essa atitude aumenta ainda mais a sensação de saciedade durante o dia e faz com que as pessoas comam menos nas próximas refeições.

O conceito da dieta da proteína está baseado em reduzir o consumo de carboidratos e aumentar o consumo de proteínas magras. Dentro do organismo a mudança acontece diretamente nas fontes de energia. O objetivo é fazer com que a alimentação com proteínas force o organismo a retirar glicose do organismo, reduzindo as reservas de gordura.

Seguindo a dieta com disciplina o resultado é a perda de peso rápida. O ideal é que o cardápio diário não ultrapasse o consumo de 1.100 calorias. É possível perder cerca de 8 quilos por mês com a dieta da proteína.

Atenção: essa dieta não é indicada para pessoas que praticam atividades físicas frequentemente e nem esportistas de alto nível, onde a exigência energética é muito superior a 1.100 calorias diárias.

Como perder peso com a dieta da proteína

Para perder peso com saúde com a dieta da proteína, o regime deve ser seguido pelo período de, no máximo, trinta dias. É recomendado dividir a dieta em duas quinzenas. Deixe sempre um espaço de tempo entre a realização da dieta da proteína para recuperar a energia do organismo.

Existem diversas variações de cardápios para a dieta da proteína. As fontes de proteínas são muitas e devem ser consumidas de forma combinada. Confira uma dica de cardápio para a dieta da proteína:

    • Café da manhã: Uma fatia de queijo minas e uma xícara de leite desnatado. Uma opção é substituir o leite por chá. Também é possível comer uma fatia de peito de peru no lugar do queijo.
    • Lanche da manhã: Uma fruta ou uma fatia grossa de queijo minas.
    • Almoço: Um filé de frango/carne magra ou salmão grelhado (aproximadamente 180 gramas de carne), salada verde à vontade e temperada com azeite e limão, além de brócolis refogado. O almoço pode ser acompanhado por um suco natural.
    • Lanche da tarde: Um copo de iogurte desnatado ou uma salada de frutas.
    • Jantar: Salada verde, uma porção de queijo tufu e uma opção de carne magra.
    • Ceia: Uma fruta ou um copo de suco natural, sem açúcar. A ceia também pode ser feita com gelatina ou um pedaço de queijo branco.

Não pule as refeições e não deixe de comer nos horários indicados. O organismo precisa ser estimulado para promover o gasto calórico.

Alimentos mais importantes da dieta da proteína

Os alimentos mais importantes da dieta da proteína são berinjela, abobrinha verde, agrião, aspargos, atum, carnes de aves, cortes magros de carne bovina, alface, azeitona, bacalhau, acelga, bacon, entre outros.

Consulte um nutricionista e peça recomendações antes de iniciar a dieta da proteína. Nunca comece um regime restritivo sem fazer exames médicos e ter certeza de que a alimentação não afetará sua saúde negativamente.

A dieta da proteína e muito boa para emagrecer, mas precisa ser controlada para gerar resultados positivos a curto prazo.

No consumo de carnes, opte por aves sem a pele, por peixes de todos os tipos, e por cortes de carne bovina e suína com pouca gordura. Ao consumir derivados de leite, escolha os leites desnatados, queijos brancos com pouca gordura e iogurtes desnatados.

As frutas, legumes e verduras devem ser consumidos em grande variedade. Os ovos também são importantes nessa dieta, principalmente as gemas, que são ótimas fontes de proteínas saudáveis.

Tenha disciplina e siga a dieta com um cardápio rico, porém controlado. Dessa forma, você conseguirá notar os resultados em poucas semanas e terá o corpo dos seus sonhos! Viva de maneira saudável e busque uma reeducação alimentar aliada à prática de atividades físicas para manter o peso sob controle.

Saiba mais em: https://www.facebook.com/eudetpmoficial/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *